fbpx
Brasília Shopping (61) 3327-0523 / Taguatinga (61) 3352-5735

Remoção de cistos

Você já ouviu falar de cistos dentais ou odontogênicos? Os cistos dentais podem ser assintomáticos e mesmo assim causar muitos problemas para o paciente. É importante manter a freqüência das consultas odontológicas para que possa ser feito um diagnostico precoce do cisto e assim, melhorar o prognóstico.

 

O que é um cisto dental?

O cisto é uma estrutura normalmente de formato arredondado, com paredes grossas e resistentes. Em seu interior, existe um acúmulo de líquidos com bactérias e células mortas. Na maioria das vezes, esse cisto tem um crescimento lento e não gera sintomas, por isso, é difícil de ser identificado. Quando evoluem, podem causar perda de dentes e danificar outras estruturas bucais.

Existem diversos fatores que podem ser considerados fatores de risco para o desenvolvimento de cistos, como infecções bucais, doenças infecciosas do nariz ou garganta, alto estresse e baixa imunidade, extremo desgaste físico e mental e canais dentários não tratados. Apesar de serem fatores de risco, não definem a formação do cisto.

 

São diversos tipos de cistos dentais identificados pelos dentistas, eles ocorrem em diferentes áreas da boca e atingem diferentes perfis de pacientes, como por exemplo:

  • Cisto da lâmina dentária;
  • Cisto primordial;
  • Cisto dentígeno;
  • Cisto periodontal apical;
  • Cisto de erupção;
  • Cisto periodontal lateral;
  • Cisto gengival do adulto; e
  • Cisto odontogênico calcificante.

 

Como identificar um cisto?

Os cistos são identificados por meio de consultas com uma certa freqüência, onde será feitos exames de rotina para a idenficacao de alguma anormalidade. Como normalmente o cisto não apresenta sintomas, é importante a realização de radiografias para que seja feita a identificação.

Em casos mais graves de cistos, pode haver dor local, inchaço das gengivas, febre, dores de cabeça e até ferimentos na região bucal. Língua e bochechas também podem apresentar inflamações manchas brancas ou vermelhas e dormência. O paciente também pode sofrer dificuldades para mastigar e engolir, alterações na voz, dores na garganta e incômodo, como o de um pequeno caroço nessa região.

Como é feito o tratamento de cistos dentais?

O tratamento dos cistos é feito por um procedimento cirúrgico com o principal objetivo de limpar a área afetada pelo cisto. Em quadros graves, pode ser necessária a extração do dente envolvido como única opção de tratamento.

O procedimento é feito por meio de anestesia local, com remoção total ou parcial do cisto, dependendo do caso. Pode ser necessária sessões extra de limpeza da região do cisto, para um melhor resultado.

 

Tire suas dúvidas