fbpx
Brasília Shopping (61) 3327-0523 / Taguatinga (61) 3352-5735

Restauração

As restaurações são usadas em diferentes momentos, sendo a maior indicação o selamento de lesões de cárie, entretanto podem ser usadas para melhorar a estética do sorriso, alterar forma e cor do dente ou ainda para reconstruir algumas fraturas dentárias e lesões dentária de origem não cariogênica.

Independente da indicação, as restaurações tem o propósito de ficar o mais parecida possível com os dentes naturais. Tendo em vista que todas as pessoas querem ter um belo sorriso, os dentes devem ser bem tratados e cuidados para assim manter uma boa aparência.

Quantas pessoas não possuem dentes quebrados, restaurações insatisfatórias, espaços entre os dentes ou mesmo cárie? Todas essas são boa indicações para restaurar um dente, mas primeiramente é feito um diagnóstico e um planejamento. Isso é feito a partir de um exame clínico somado à exames complementares como radiografias, fotos e/ou escaneamento intraoral, para então executar a restauração.

Como é feita a restauração?

No processo restaurador é comum o uso da alta rotação, com o objetivo de adequar as paredes para receber o material restaurador, e a baixa rotação e/ou colher de dentina que objetiva remover o tecido cariado.

Após a remoção da cárie e/ou preparo da superfície, será feito um condicionamento e a aplicação de um adesivo próprio ( esta etapa pode estar ausente dependendo do material restaurador escolhido) – este passo é muito importante para a qualidade e durabilidade da restauração em resina composta. Em seguida, o material restaurador é depositado no local e esculpido para uma melhor reprodução das características naturais das estruturas dentais. Quando satisfatória, para os materiais fotoativados, ocorre a polimerização com uma luz azul fazendo com que ela fica mais firme e parecida com seu dente.

Após a polimerização a superfície restaurada passa pelo ajuste da altura, seguida de acabamento e polimento.

Tire suas dúvidas