fbpx
Brasília Shopping (61) 3327-0523 / Taguatinga (61) 3352-5735

Avaliação de cárie

Cárie: o que é?

A cárie dentária é uma doença multifatorial, isso quer dizer que alguns fatores associados levam a evolução da doença. Esses fatores são:

O que o açúcar tem a ver com a cárie?

As bactérias consomem os açúcares da nossa alimentação, principalmente a sacarose, e liberam ácidos na superfície dos dentes. Esses ácidos provocam um desequilíbrio na acidez da saliva deixando os dentes mais susceptíveis à desmineralização. O cálcio vai sendo removido da superfície do dente e quanto mais tempo a bactéria permanece, mais desmineralização ocorre e o processo cariogênico avança.

Será que é cárie?

A primeira manifestação da cárie é uma mancha branca. Ela fica dessa cor, pois com a perda dos minerais os espaços que eles ocupavam vão sendo preenchidos por ar e água. Se essa fase da cárie não for tratada, pode evoluir para uma cavidade, tratamento de canal e até perda do dente.

Cárie precoce

A cárie precoce ou cárie da primeira infância é a doença mais frequente na infância!

É mais comum que asma e febre alta.

Ela é caracterizada pela presença de uma ou mais superfícies cavitadas em crianças de até 6 anos de idade. Podendo ser classificada como SEVERA quando acomete crianças menores de 3 anos. Ela afeta principalmente os incisivos superiores (dentes da frente) e tem progressão muito rápida.

Os principais fatores de risco são:

  • 1. Amamentação em livre demanda, principalmente durante a noite/madrugada
  • 2. Consumo excessivo de açúcar, seja guloseimas ou açúcar na mamadeira
  • 3. Higiene oral precária

Como evitar:

  • Evitar oferecer açúcar ou guloseimas às crianças. O açúcar é o principal vilão no desenvolvimento da doença cárie.

  • Ter um bom controle da higiene oral. Como as crianças nessa idade ainda não possuem coordenação motora adequada para fazer a limpeza sozinhas, o cuidado e a participação dos pais é de fundamental importância.

  • Regular a frequência da amamentação e evitar a livre demanda. Além da quantidade do açúcar, a alta frenquência com que ele é ingerido é crucial para o desenvolvimento das lesões de cárie.

  • Avaliação do odontopediatra. As consultas preventivas com o dentista são muito importantes para que um diagnóstico precoce seja realizado e evite a instalação da doença.

Quando as lesões de cárie já estão instaladas, o tratamento restaurador é indicado assim que diagnosticado. O avanço da doença nos dentes de leite é muito rápido, e quanto mais postergar o tratamento, mais severa ela se torna.

E agora odontopediatra?

Sabendo dos fatores que causam a cárie, a avaliação profissional vai muito além de um exame clínico oral pela odontopediatra, mas busca informações da dieta e higiene oral, afim de analisar o risco de cárie que cada criança apresenta e, a partir disso, traçar o melhor tratamento.

E em Brasília?

Em Brasília, boa parte dos casos de cárie acometem preferencialmente os dentes recém irrompidos, como os primeiros molares que chegam na boca por volta dos 6 e 7 anos de idade. Isso acontece por não terem contato com os dentes opostos já que eles estão posicionados um pouco abaixo dos outros dentes.

Na Odontopediatria Aquarela Kids temos várias dicas para manter uma boca saudável.

Tire suas dúvidas